O estresse é composto por um conjunto de reações fisiológicas que podem levar o corpo humano ao desequilíbrio. A principal delas é a rotina excessiva de trabalho e as condições de vida da população, que vive com o medo do desemprego, da violência urbana, da inflação, do contexto político.

São vários os problemas da vida moderna. O almoço é rápido. Motoristas buzinam nas ruas, dentro de seus carros e com seus celulares em mãos. O sossego sumiu, e se vive cada vez mais ligado. Não há tempo para uma conversa à toa. O mundo se conectou e não sabe como faz para se desconectar.

Vários setores da sociedade, no entanto, sofrem com o estresse. Segundo pesquisa da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), cerca de 20% dos contingentes de policiais militares do Rio de Janeiro apresentam sintomas de estresse, como raiva (54%) e insônia (52%) e 29% deles afirmam estarem satisfeitos com a profissão.

“Um policial mais estressado está mais inclinado ao uso da força e isso é prejudicial tanto para ele quanto para a sociedade”, disse o sociólogo Ignácio Cano, especialista em Segurança Pública e coordenador do Laboratório de Análises e Violência da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Considerado uma resposta do organismo às pressões do cotidiano, o estresse apresenta sinais em várias partes do corpo. A visão, por mais perfeita que seja, está sujeita a sofrer consequências do desgaste.

O oftalmologista Ruy Cunha, presidente do Day Horc Hospital de Olhos Ruy Cunha-BA, explicou que há musculatura no olho humano que é responsável pelo foco da imagem. “Essa musculatura pode entrar em espasmo, o que vai ocasionar uma visão embaçada, miopia induzida, dores de cabeça, ardor ocular e outras manifestações diversas”, afirma.

Ana Maria Rossi, psicóloga do International Stress Management Association (ISMA-BR), disse, em entrevista ao Globo Repórter, em 2010, que 69% da população brasileira sofre de estresse ocupacional. De acordo com ela, as pessoas estão cada vez mais insatisfeitas em seus empregos.

“As pessoas estão cada vez mais desmotivadas e insatisfeitas com seu trabalho. Em primeiro lugar, a longa jornada de trabalho está afetando diretamente o estilo e a qualidade de vida das pessoas. As pessoas têm menos tempo”, disse.

O Ultra Curioso preparou, amigo leitor, uma lista com as doze características de que você está realmente estressado. Confira:

1 – Dores de cabeça forte

Você costuma sentir muitas dores de cabeça quando não está trabalhando Ter ótimas noites de sono, além de repor as energias, deixam-lhe pronto para encarar a jornada do dia seguinte.

2 – Sonhos bizarros

10 indícios de que você está realmente estressado

Seus sonhos são de deixar o pintor Salvador Dalí boquiaberto? Pois saiba, é necessário corrigir o sono e dormir sete, oito horas por dia. Procure evitar, também, o uso de cafeína, bebidas alcoólicas e drogas ilegais. Seu sono vai ser melhor, tenha certeza.

3 – Calvice

10 indícios de que você está realmente estressado

Problema que assola e tira nosso sono. Ninguém quer ficar sem cabelo, e vê-los caindo não é nem um pouco legal. Praticar atividades físicas e tomar algum suplemento indicado pelo um especialista pode resolver seus problemas.

4 – Náuseas

10 indícios de que você está realmente estressado

O estresse libera um ácido – que é o responsável pela ânsia e pela dor. O ideal para aliviar o estresse é dar umas boas risadas com os amigos, assistir a um filme e alguma atividade que lhe faça bem – como tocar algum instrumento musical.

5 – Problemas cardiovasculares

10 indícios de que você está realmente estressado

As veias e artérias se comprimem e ocasionam o fluxo de sangue e batimentos cardíacos irregulares. Manter uma rotina saudável, com alimentação adequada, atividades físicas e sexuais podem acabar com esses sintomas.

6 –  Acne

10 indícios de que você está realmente estressado

Comum na adolescência, as acnes são alguns dos indícios do estresse. Ninguém gosta de tê-las, e é prejudicial para a autoestima, além de, eventualmente, deixar-lhe com a face toda marcada.

7 – Dores musculares

10 indícios de que você está realmente estressado

Talvez o sintoma mais comum, as dores musculares incomodam e alteram o humor. Tudo é motivo para gritos e xingos. Geralmente, é a região do pescoço e coluna que são atingidos e lhe fazem estremecer por causa da dor.

8 – Mudança de humor

10 indícios de que você está realmente estressado

Já citado no tópico acima, a mudança de humor é um forte indício de estresse. Você não tem paciência, responde atravessado e se exalta por qualquer coisa.

9 – Falta de apetite sexual

10 indícios de que você está realmente estressado

Se você anda trabalhando demais e quando chega em casa não está nem aí para seu parceiro, provavelmente seu apetite sexual foi para o beleléu. Já citado acima, uma boa transa é fator primordial para desestressar, mas se você está cansando demais – ou trabalhando de mais – não tem como. O sexo vai ter de ficar para depois.

10 – Ansiedade

10 indícios de que você está realmente estressado

Mal da vida moderna. Quem nunca teve algum lapso de ansiedade durante o dia-a-dia? Todo mundo, né. Quando nos deparamos com esse sentimento, logo procuramos amenizá-lo da forma mais trágica: com biritas. Biritar é bom, sim. Mas se lembre: bebida e estresse, de fato, não combinam.

Intrínseco à vida moderna, o estresse atinge grande parte da população. Estamos tão concentrados nos afazeres, na tela dos smartphones e nem percebemos que estamos estressados. Você aparenta alguns desses sinais citados acima?

O post 10 indícios de que você está realmente estressado apareceu primeiro em Ultra Curioso.